Categorias
Dicas Exposições Review

Exposição de Tim Burton – Nosso review! (Com fotos)

Desde o anúncio da exposição do Tim Burton no Brasil a ansiedade foi despertada! Confesso que não me liguei muito em datas e detalhes porque prefiro não saber para não sofrer! Eis que liberaram a compra de ingressos e quem se ligou nisso foi o Bruno. Quando ele decidiu comprar, os ingressos de fevereiro já haviam esgotado. Ele acabou comprando para o dia 19 de março (2 dias depois do meu aniversário!). Eu gosto do estilo inusitado de Tim Burton, mas confesso que as vezes não me agrada tanto. Acho ele uma pessoa incrível, totalmente inovadora e que foge bastante dos padrões convencionais, trazendo assim, obras bastante diferenciadas. Não sou uma fã que morre de amores e nem que odeia, depende do trabalho, mas ainda assim, acho ele e sua mente, fantásticos!

Aliás, só para reforçar um pouco a magia de Tim Burton, Veja aqui detalhes do restaurante inspirado na Fantástica Fábrica de Chocolate que vai abrir na Universal Orlando Esse ano!

casal 9

A exposição está no MIS (Museu da Imagem e do Som) em São Paulo e reúne cerca de 500 itens originais relacionados às obras do diretor, incluindo esboços, pinturas, storyboards e miniaturas de personagens de seus filmes. Eu não consegui tirar fotos lá, mas minha prima conseguiu! Então, as fotos que vocês veem aqui são algumas retiradas da Internet, e outras pela minha prima Natacha (@nugriumov )

tim burton of4Confesso que fui esperando coisas mais ligadas ao cinema e uma exposição mais interativa. Eles fizeram a ambientação de uma forma bem legal, mas há pouca explicação. Algumas traduções também estavam ruins, em Inglês fazia sentido, em Português não adaptaram e perdeu totalmente o sentido do desenho. (Por sorte, foram apenas uns 4 ou 5 que me incomodaram)

As duas primeiras salas da exposição representam o cérebro do diretor, com paredes cobertas por referências aos filmes que fizeram parte do seu processo de formação artística, como Godzilla e produções clássicas de terror estreladas pelo ator Vincent Price. Em seguida, a exibição é dividida em espaços temáticos de sentimentos.

Você começa a exposição no andar de cima, tim burton of5e quando desce para continuar, você tem a opção de ir de escada ou utilizar o escorregador gigante! Então não faça como eu que fui de vestido. Claro que de donzela e delicada eu não tenho nada, então escorreguei mesmo assim! Pedi para o Bruno ir antes e ficar na frente para “tampar” possíveis acidentes. O ruim é que o vestido sobe e você não escorrega continuamente, então, vá de calça/bermuda/macacão !


tim burton n7Pela exposição você encontra bonecos dos filmes, mas acredito que eles não tenham sido feitos pelo diretor, estão ali mais para ilustrar passagens e momentos das obras dele. Mas não deixa de ser legal olhar e ver miniaturas dos Oompa Lumpas e personagens que vemos em diversos filmes. Ainda assim, vi em exposições fora do Brasil que havia um número maior de bonecos, incluindo alguns mais “famosos”, como a noiva Cadáver, que não estão na exposição. E outra coisa que senti muita falta, foi de figurinos e exemplares de seus filmes. Como disse lá em cima, queria mais coisas ligadas ao cinema, afinal, ele é famoso por ser diretor! Em outras exposições até chegou a ter a roupa e as tesouras do Edward, mas por aqui, nada!  😥  Não sei se isso envolve contratos e burocracias extras, mas seria muito legal ver coisas assim! Aliás, existe na exposição uma carta hilária enviada ao ator Johnny Depp durante a produção de A Fantástica Fábrica de Chocolate (2005)

tim burton of1Ao longo da exposição você vê desenhos e rabiscos ligados à diversos momentos de sua vida. Você vai reconhecendo diversos personagens por ali, e é legal ver a sessão onde ele desenha em guardanapos. Você vai vendo guardanapos de diversos bares e Hotéis espalhados pelo mundo, e vai imaginando o que ele estava pensando nesses locais. Só achei que faltou detalhes a mais, como explicando se naqueles rabiscos que nasceram alguns personagens, ou apenas dando vida aqueles que já tinha criado. Em vários momentos me peguei discutindo com o Bruno “olha, isso deve ter sido tim burton n16antes, ai ele se empolgou e fez esse, ai gostou e nasceu isso”. A verdade é que eram suposições e a gente não sabia a verdadeira história por trás dos desenhos.

Mas no fim, gostamos muito, foi legal saber que ele criou um livro infantil chamado “O Gigante Zlig” e enviou uma carta a “The Walt Disney Company” pedindo para que o publicassem. E uma pena saber que a Disney recusou, apesar de incentiva-lo a continuar desenhando. E saber que no fim, ele finalmente conseguiu um emprego como estagiário de animação na Disney e foi ai que a carreira deslanchou. Você também poderá ver uma série de trabalhos inacabados e não publicados.

A exposição é grande, então vá preparado porque no fim, você acaba cansando. Existe um local onde você consegue ver algumas produções através de uma tela polarizada. Como existem apenas 3 telas por TV, as vezes fica difícil conseguir alguma para assistir, mas não fique triste, se você não conseguir, quando chegar ao “The End”, vá para uma entrada à direita, lá estão todos os vídeos da exposição num espaço com cadeiras confortáveis para assistir com tranquilidade. Tudo do jeitinho que só ele consegue fazer.

tim burton n1

Confira aqui uma galeria de fotos da exposição. Créditos @nugriumov 

 

Serviço exposição Tim Burton no MIS:

De 04 fevereiro até 15 maio de 2016

10h às 20h (terça à sexta-feira)

9h às 21h (sábado)

11h às 19h (domingos e feriados)

Ingressos: R$ 12 inteira, R$ 6 meia / crianças até 5 anos não pagam / limite de 04 ingressos por pessoa disponíveis apenas para:

Terças :Entrada gratuita. Retirada de senha na bilheteria conforme ordem de chegada.

Limite de ingressos por dia de acordo com o horário de funcionamento da exposição e a lotação do espaço.

Museu da Imagem e do Som de São Paulo – MIS – Avenida Europa, 158 – Telefone: (11) 2117-4777

Aconselho a ligar antes e verificar a disponibilidade real de ingressos!