O que é o St Patrick day?

Hoje vamos falar um pouco de do St Patrick Day.  Mas por que? Nem é um feriado nosso! Bom, apesar de ser uma comemoração religiosa, o dia se tornou uma grande festa nos países de língua inglesa, e como gostamos de festa também e adoramos em especial os costumes americanos (vide Halloween), a gente tem “roubado” um pouco desse feriado, mesmo que aqui seja um dia normal e a nossa comunidade irlandesa seja pequena. Não que eu esteja reclamando, também adoro esses costumes e sou apaixonada pelo Halloween! (Que eu e Bruno passamos nos EUA pela primeira vez ano passado). Além disso, dia 17 de março também é meu aniversário, e ver essa data tão importante, especial e maravilhosa ligada à imagens de trevos e potes de ouro só pode ser coisa boa!

saint-patricks-day-beer1St patrick (São Patrício) é o padroeiro da Irlanda conhecido por ter trazido a religião católica para o país. O dia 17 de março é a data provável de sua morte, e que costuma coincidir com o período da quaresma, quando as famílias irlandesas costumam ir à igreja pela manhã e comemorar durante a tarde. O Saint Patrick’s Day, ou St. Paddy’s Day, ou simplesmente Paddy’s Day é feriado nacional na República da Irlanda, Irlanda do Norte, Terra Nova, Labrador e Montserrat . No Canadá, Reino Unido, Austrália, Estados Unidos e Nova Zelândia, a data é amplamente celebrada, mas não se trata de um feriado oficial.  O Dia de São Patrício é também celebrado em outros locais distantes, incluindo o Japão, Singapura, Rússia e Argentina. Em toda parte, as pessoas dançam, cantam e bebem “green beer” (cerveja verde) nos Irish Pubs. O chopp verde foi criado exclusivamente para o St. Patrick’s Day. Para chegar a coloração, adiciona-se uma dose de menta a bebida. Outras bebidas consumidas normalmente na data são a cerveja Guinness e o whiskey irlandês.

Por aqui não existem grandes movimentos a respeito, mas muitas festas e comemorações já pipocam por ai. (Veja bares que estão entrando no clima aqui)

St. Patrick’s Day é comemorado pelos irlandeses em cidades grandes e pequenas, como se fosse o nosso carnaval. Algumas comunidades chegam a tingir rios ou córregos de verde! As pessoas vestem-se de verde, pintam trevos no rosto e assistem às St. Patrick’s Day parades (desfiles). Entre as crianças, há a tradição de beliscar os amigos que não vestem verde neste dia. (Abaixo o rio em Chicago. Os investigadores afirmam que o impacto ambiental do corante seja menor do que a da poluição causada pelas instalações de tratamento de esgotos. Eu particularmente não acho legal afetar a água dessa forma)

Chicago-St-Patricks-Day-Parade

 A influência da comunidade irlandesa é tão forte nos EUA que a maior parada de Saint Patrick do mundo é realizada em Nova York, com mais de 150 mil participantes. Demora cinco horas para que todos percorram os 2,5 quilômetros na 5a Avenida, passando, lógico, em frente a Catedral de Saint Patrick. A cidade se veste com decoração verde, desde as roupas, passando pela cerveja até seu prédio mais famoso, o Empire State Building, que se colore neste dia.

Quem foi São Patrício (St patrick)?

patrick_azulSt. Patrick nasceu na Grã-Bretanha, filho de pais endinheirados, mais ou menos no final do século IV. Acredita-se que tenha morrido no dia 17 de março de 461 – daí então, a data da celebração. Até os 16 anos, ele se considerava um pagão. Nessa idade, foi sequestrado e vendido como escravo por saqueadores irlandeses. Foi durante sua captura que ele começou a se voltar para Deus.

Ele conseguiu escapar após ter sido escravizado durante 6 anos e então, foi estudar em um mosteiro em Gauls (na região da atual França), por 12 anos. Foi quando ele soube que sua vocação era tentar converter todos os pagãos na Irlanda para o Cristianismo.

Sendo assim, St. Patrick foi de mosteiro em mosteiro, obtendo sucesso em converter as pessoas para o Catolicismo. 

Depois de 30 anos como missionário na Irlanda, estabeleceu-se num lugar chamado County Down até a sua morte. A valorização atribuída à imagem deste homem não está nos detalhes históricos, mas na inspiração de um homem que conseguiu retornar ao país de origem depois de ser escravo quando criança, com o intuito de transmitir a mensagem de Cristo.

Por que Verde?

stpatrickshamrock_slwMesmo que todo mundo use verde, o próprio St. Patrick preferia usar azul. Porém, o trevo que acompanha St Patrick é verde, e por ser verde e representar a boa sorte, acabou se tornando um símbolo do patriotismo católico do país. A tradição de se usar verde no dia de São Patrício começou com o simples ato de pregar à roupa um trevo semelhante ao que o santo carrega.

Outra teoria nasceu na rebelião irlandesa de 1798. Na esperança de propagar seus ideais políticos, soldados irlandeses vestiram uniformes verdes no dia 17 de março na esperança de chamar a atenção pública à rebelião. A expressão irlandesa “the wearing of the green” (vestindo o verde), significa usar um trevo ou então outra peça de roupa na cor verde, em referência aos soldados rebeldes.

Sobre Shamrock (Trevo)

st-patricks-day2

Existem muitas histórias ou fatos sobre este símbolo. Alguns dizem que St. Patrick utilizava o trevo como metáfora para pregar a santíssima trindade (Holy Trinity – the Father, the Son and the Holy Ghost) aos pagãos celtas. Com isso, o uso de trevos de três folhas e similares estão intimamente ligados aos festejos. Também chamado de “seamroy” pelos Celtas, era uma planta sagrada na Irlanda Antiga, pois indicava o início da primavera. No século XVII, o Shamrock tornou-se símbolo do nacionalismo irlandês emergente, visto que, como os ingleses começaram a confiscar terras irlandesas e a criar leis contra o idioma irlandês e a prática do Catolicismo, muitos irlandeses começaram a usar o trevo como um símbolo do orgulho de suas origens e para demonstrar seu desgosto ao domínio inglês.

Leprechaun (Duende)

free_leprechaun_shutterstock_421171571

Provavelmente este símbolo tenha vindo do folclore celta, que era repleto de fadas, homenzinhos pequenos e mulheres que podiam usar seus poderes mágicos para servir a Deus ou ao diabo. O nome original desta criaturinha folclórica era “lobaircin”, que significa “camarada de corpo pequeno”. No folclore celta, leprechauns eram almas excêntricas, responsáveis por consertarem os sapatos de outras fadas.

Atualmente, é conhecido como um homem bem pequeno, de paletó e cartola verde e uma longa barba ruiva. É traiçoeiro e faz de tudo para proteger o seu tesouro, um pote de ouro que se esconde no fim do arco-íris. Entretanto, o duende nada tinha a ver com o dia religioso de St. Patrick. Em 1959, a Walt Disney Pictures lançou um filme, chamado em inglês Darby O’Gill & the Little People, que trazia a imagem de um duende simpático e alegre, bem diferente do homenzinho irritadiço do folclore irlandês, que foi logo assimilado à Irlanda em geral e ao dia de St. Patrick.

Celtic Cross (Cruz Celta)

st-patrick-celtic-cross-9-inch-2006885

Acredita-se que, com o intuito de converter celtas irlandeses em cristãos, São Patrício resolveu unir a cruz solar (forte símbolo Irlandês) com a cruz cristã. Ficou conhecida como Cruz Celta ou Cruz Céltica.

.

.

.

.

Curiosidades:

  • Durante o dia de St Patrick, o consumo mundial da marca de cerveja Guinness quase triplica– de 5,5 milhões de litros em um dia normal para 13 milhões de litros no dia da comemoração
  • Corned beef e repolho é um prato clássico que vai muito bem com tudo o que tiver cerveja. Isso pode explicar o porquê nos EUA, mais de 26 bilhões de quilos de carne e mais de dois bilhões de quilos de repolho são produzidos durante o feriado.
  • As maiores paradas do St Patrick’s Day ocorreram fora da Irlanda – pelo fato das comunidades irlandesas serem espalhadas em todo o mundo.
  • De acordo com o censo americano, existem mais Irlandeses nos EUA do que na Irlanda! Até 2003, mais de 34 milhões de americanos tinham ancestrais irlandeses. A população da Irlanda é pouco mais de 4 milhões de pessoas.
  • Em Nova York (EUA), a homenagem ocorre desde 1964, sempre no topo do Empire State Building
  • Desde 2010, a icônica roda gigante London Eye é a representante inglesa das homenagens;

Veja abaixo alguns monumentos que se iluminam para a ocasião (Incluindo o Brasil)

London-Eye-St.-Patricks-Day1

London Eye

c111_c_Global-Greening_-Main

Cristo Redentor

coliseu verde

Coliseu

 

Burj Al Arab "lights up green" and joins the world wide greening of city icons saluting the Irish community in the UAE by donning the traditional shamrock.

Burj Al Arab

Comentar via Facebook.

Comentário(s)

About casal9

Atualmente, moramos em São Paulo e vamos explorar juntos o que essa e outras cidades tem de melhor para oferecer! Dividiremos também nossos momentos de viagens, hobbies e dicas e opiniões sinceras sobre as coisas que gostamos e vivenciamos!