Review Escape Room – Sessenta Minutos – Laboratório do CCD

Desde que começou a febre das salas de Escape, eu e Bruno estávamos doidos para conhecer!!! Acabava nunca dando certo, mas enfim, fomos!!

Fomos em um grupo de 6 pessoas, amigos queridos que fizemos graças aos grupos sobre a Disney (Uma outra paixão).

Para quem não sabe, as salas de “Escape Room” são salas temáticas cheias de pistas escondidas e um objetivo: descobrir como sair dela em 60 minutos. São pensadas principalmente para o público adulto e as as histórias variam. O mais legal dessas salas é que quando você termina uma, fica animado para ir para outras, já cheio de ideias sobre os enigmas que pode encontrar.

Então vamos falar um pouco sobre a nossa experiência.

Nossa experiência

PENSE-TRATADA

Deixamos a escolha do local com 2 pessoas do nosso grupo que já haviam conhecido algumas salas. Eles conseguiram um cupom de desconto para a casa 60 minutos e agendaram uma sala dentro dos horários disponíveis.

Acabamos escolhendo a “Laboratório do CCD” , mas se você é iniciante como nós, pode não ser uma boa opção. Ela tem nível de dificuldade 5/5, então eles recomendam as outras salas antes. A gente não sabia disso até chegar lá, mas eles perguntaram se queríamos trocar de sala, já que havia outra disponível, porém, preferimos manter. Claro que não atrapalha em nada a experiência, apenas demoramos um pouco mais para nos ambientar.

Nessa sala, 7% conseguem escapar com dicas controladas, 2% conseguem escapar com dicas livres e apenas um grupo escapou sem dicas! 

Ahhh, um detalhe legal dessa sala (acredito que as outras da casa também tenham), é que as informações escritas que encontramos, todas tem versão em inglês, ou seja, se você estiver turistando por São Paulo e não entender bem o português, não tem problema, com inglês você consegue se sair bem!

Laboratório do CCD


Um vírus mortal assola o mundo, matando os humanos em 7 dias. Em poucos meses, a pandemia acaba com metade da população. Os sobreviventes vivem isolados e o desespero é geral

Você e seus amigos descobriram que o antigo prédio do Centro de Controle de Doenças (CCD) está ativo e sendo operado pelos responsáveis pela criação e disseminação do vírus

Acessem o laboratório e consigam a vacina para produção em larga escala. Mas cuidado, o turno inicia-se em uma hora e um vigia faz a ronda durante a madrugada. Vocês precisam entrar e sair sem serem vistos!

thumb-labAs salas em geral permitem que você mexa em tudo e bagunce tudo, a “Laboratório do CCD” tem uma peculiaridade, como estamos invadindo o local, existe o vigia, que de tempos em tempos entra na sala. Temos que deixar as coisas como estavam e nos esconder! Claro que ele faz vista grossa, mas se você estiver dando bobeira no meio da sala, pode ser retirado do jogo por alguns minutos. Se as coisas estiverem muito bagunçadas ele também vai conferir com mais atenção e mais minutos de jogo vão-se embora. 

Durante as instruções, antes de ingressar na sala, eles orientam sobre todos esses detalhes. Recebemos um rádio, que é por onde podemos pedir dicas se empacarmos e é ele também que emite um barulho 10 segundos antes do vigia entrar, para dar tempo de reorganizarmos tudo e nos esconder. 

Antes de entrar na sala em si, tem uma pré-sala, e temos que descobrir como sair. Detalhe: no escuro e com apenas 1 lanterna! A minha sensação foi que o jogo começou de verdade quando saímos dessa primeira sala. 

Achei incrível a ambientação! Parece mesmo que estamos em um laboratório, e a gente não para 1 segundo! O tempo todo estamos achando detalhes, coisas que vão abrir ou solucionar outros detalhes, e é aquela história, não dá para solucionar tudo sozinho. O legal de ter um grupo é que cada um consegue linkar coisas diferentes e se ajudar. O grupo recomendado para essa sala são de 6 a 10 participantes.

A casa “60 Minutos”

escape3Apesar de não conhecer outros locais para uma comparação mais justa, gostamos muito da casa. A entrada engana um pouco, fazendo parecer um local pequeno e sem muita estrutura, mas ao entrar na sala e verificar a tematização, isso fica para trás. É tudo incrível! O atendimento também foi excelente e super pontual. A sala que fomos é imensa, eu mesma achei que seria bem menor. 

Antes de entrar nas salas, a casa oferece armários com chave para deixar os seus pertences. escape2Isso é excelente, já que não tem porque ficarmos com bolsas penduradas durante a experiência. Celulares obviamente são proibidos, tirar fotos do local ou dar dicas de passos a serem feitos pode estragar a experiência de outras pessoas. Antes de entrar em qualquer sala, a gente passa por esse corredor da foto à direita. Achei demais! Já tem todo um ar de mistério. 

Como haviam salas disponíveis após terminado nosso tempo, nos foi oferecido fazer outra sala por 50% do valor! Infelizmente nosso grupo não tinha como permanecer mais tempo, mas se vocês saírem no pique, vale a pena conversar com a casa e verificar se existem salas disponíveis e se dá para ter um desconto legal para continuar jogando.

E sabe o mais legal? Se você não conhece nada sobre o assunto, queria conhecer um pouco melhor antes para saber se vale o investimento, a casa está com uma sala gratuita por algum tempo! É a “Dengue Experience”, que é um oferecimento da Sanofi Pasteur. Basta agendar um horário e ir lá! Não jogamos ainda e acreditamos que não seja tão complexa como as demais salas, principalmente porque ela tem nível de dificuldade 2/5, mas com certeza vale a pena para dar um gostinho e conhecer a casa.

Ahh, e se vocês estão curiosos se saímos ou não, a foto abaixo responde sua pergunta. Não saímos.. 🙁 Confesso que chegamos muito perto, mais uns 10 minutos talvez fossem suficientes, mass, ficamos presos e não salvamos a humanidade 😥

escape final

Um extra, a casa 60 minutos está participando da Escape Week, onde você faz salas por R$36,90 e ainda ajuda uma ONG. Para conferir as casas e salas participantes, visite esse link!

Como é uma sala de Escape?

Gostaria de dar uma espiada em como é uma sala de escape, como são tematizadas e o que você pode encontrar? Fizemos um post especial só mostrando fotos de algumas salas para você (E a gente também!), matar a curiosidade. (veja aqui)

 

 

Comentar via Facebook.

Comentário(s)

About casal9

Atualmente, moramos em São Paulo e vamos explorar juntos o que essa e outras cidades tem de melhor para oferecer! Dividiremos também nossos momentos de viagens, hobbies e dicas e opiniões sinceras sobre as coisas que gostamos e vivenciamos!