Divertida Mente – Um filme muito legal sobre as emoções!

Neste domingo assistimos Divertida Mente! E meu deus, que filme foi esse?!

Como demoramos um pouco para assistir, fomos no UCI do Shopping Jardim Sul porque tem uma qualidade de tela boa comparada as salas normais do Cinemark. Assistimos dublado, nas poltronas N10 e N11, última fileira da sala 07. Era uma sala pequena, com uma tela pequena, que decepcionou um pouco, mas não estragou em nada a experiência do filme.

Como sempre, passamos no mercado antes para não ter que pagar o estacionamento, só que as regras do Pão de Açúcar de lá mudoram e agora são R$ 65,00 em compras para ganhar 2 horas de estacionamento. Como a mercado é pequeno, tinha muita fila e os preços não estavam muito bons. Acabamos achando uma promoção de cápsulas da Dolce Gusto, onde 4 caixas saia à R$ 49,99! Então compramos uma e mais algumas coisas para completar os R$ 65,00. Após o filme, completamos o estacionamento com mais 2 reais, pois passamos em 1h e fomos embora. (Chegamos a conclusão que mercado nesse shopping talvez não valha a pena. São apenas 2 horas por um valor alto de mercado e muito tempo de fila. No Eldorado precisamos gastar R$50,00 para 4 horas e a economia é de R$18 de estacionamento, e não R$10, então o custo x benefício não compensa)

Divertida Mente – Sem Spoiler

Chegamos ao cinema sem saber muito bem sobre o que se tratava. Sabíamos que era sobre emoções, mas sem muitos mais detalhes sobre isso, apenas ouvindo falar muito bem. Então fomos bem crús e até um pouco sem expectativa. Por isso inclusive que demoramos à assistir ao filme. E não podíamos estar mais errados!

Curta Lava - Casal 9Antes de falarmos do filme em si, temos que dar destaque ao curta “Lava”, que precede o filme e é sensacional!!! O curta começou e não sabíamos qual era a relação da história do vulcão com os personagens que já conhecíamos. Assim que terminou, eu virei pra Thainá e falei “Só esse curta já valeu o ingresso!”. Que história que eles conseguiram contar em 5 min!

Então o filme começa, “Lava” já fez subir as expectativas, e somos apresentados à Alegria (Miá Mello), Tristeza (Katiuscia Canoro), Nojinho (Dani Calabresa), Medo (Otaviano Costa) e Raiva (Léo Jaime). Com isso começamos a entender que esses são os sentimentos base que controlam Riley Anderson (Isabella Guarnieri), uma criança de Minessota, e como a interação entre os sentimentos provocam a reação dela às coisas que vão acontecendo durante a sua vida.

Emoções_Divertida Mente - Casal 9

Com o passar do filme, conseguimos ver as emoções de diversas pessoas e como cada uma delas tem a sua própria personalidade e a sua emoção dominante, moldando suas principais características e regendo sua personalidade.

Divertida Mente – Com Spoiler

As analogias à quando a Alegria e a Tristeza se perdem são bem compreensíveis e podemos ver que muitas crianças tem dificuldade em mudar, em se adaptar à uma nova escola, criar novos amigos, deixar tudo que elas conheciam pra trás.

O jeito como a Disney/Pixar conseguiu construir de forma simples e fácil como funcionam as memórias bases, moldando nossa personalidade, como as memórias de longo prazo vão sendo armazenadas e esquecidas, em como as memórias que esquecemos são limpas e jogadas no limbo, como as lembranças que são insignificantes (como aquela música de algum comercial de muitos anos atrás que sempre nos lembramos e cantarolamos) voltam a tona sem o menor sentido, foi muito legal! Conseguindo fazer um pouco de analogia a como um computador funciona, fazem do filme uma experiência muito legal, tanto para os pequenos quantos para os adultos.Divertida mente - casal9

As emoções dos pontos de vista do Pai (Luiz Laffey) e da Mãe (Sílvia Goiabeira) são sensacionais! Mostrando o ponto de que mesmo contendo as mesmas emoções, cada um as projeta de um jeito e com uma personalidade diferente.

O jeito como as emoções aprendem a se entender e saber que elas todas são fundamentais para a outra existir é muito legal. O que seria da Alegria sem a Tristeza?! Elas aprendem a mesclar as emoções e não apenas a possuir uma emoção. As emoções evoluem junto com a pessoa, é muito legal!

A parte final que mostra as emoções do gato e do cachorro são sensacionais! Qualquer um que convive com um desses animais conseguiu identificar claramente que é bem assim que eles se comportam! Rimos bastante nessa parte!

Minha única ressalva em relação ao filme é que os outros sentimentos poderiam ter sido mais desenvolvidos, se focou muito na Alegria e na Tristeza, sendo que os outros personagens também tinham muuuito potencial. Como terminamos o filme com a Riley apenas com 13 anos, é bem provável que tenhamos uma sequência, com ela um pouco mais velha. Pelo menos torcerei por isso e temos uma brecha que não seria difícil de encaixar.

Acho que um dos melhores filmes da Disney/Pixar que eu vi, emocionante e engraçado, estando no mesmo patamar de Toy Story!

Super recomendado para quem ainda não assistiu! Se ainda não conseguiu assistir, faça uma força e tente ir no cinema, antes que saia de cartaz!

Opinião dela

Eu ri demais! Fui desanimando esperando um filme de criancinha, e sai muito feliz! E o pensamento do gato, o que foi aquilo?!!! gente, a Disney sendo Disney…Imperdível!

Avaliação

Sala 07 UCI Shopping Jardim Sul

[usrlist “Qualidade Imagem:3.8” “Qualidade Som:3.8” “Lugares Escolhidos:4.5” “Limpeza:4.0” “Estadio (inclinação):4.5” “Tamanho da tela:3.0” “Preço:4.5”]

Divertida Mente: [usr 4.8]

Comentar via Facebook.

Comentário(s)

About Bruno

Analista de Sistemas, carioca, apaixonado por cinema, séries, jogos, comida, chocolate, viajar e principalmente por ela!